Huawei P9 e P9 Plu – Especificações Técnicas, Preços

A Huawei anunciou o novo flagship Huawei P9, um smartphone certificado pela Leica e que tem duas câmeras – uma delas monocromática – que, em conjunto, prometem fotos com mais contraste.

O P9 tem por dentro o que se espera de um Android high-end em 2016: um processador octa-core Kirin 955 feito pela própria Huawei, 3GB de RAM, entrada USB-C, bateria de 3.000 mAh, tudo isso guardado dentro de um corpo de alumínio e com uma tela IPS de 5,2 polegadas Full HD. O software é o Android 6.0 Marshmallow com a EMUI 4.1, a interface própria da Huawei, e ele também ganhou um sensor de digitais na parte traseira, abaixo das duas câmeras.

Quando falamos das câmeras, as coisas são diferentes do que costumamos ver. A Huawei diz que ela tem “certificação da Leica” – de acordo com o The Verge, isso significa que a Leica ajudou a Huawei no “processo de co-engenharia”.

São duas câmeras traseiras de 12 megapixels com sensor Sony IMX286. Um deles é monocromático – ele não captura cores, mas é capaz de absorver mais fótons. Eles trabalham em conjunto e conseguem melhorar o contraste em até 50%, além de triplicar as informações de luz capturadas.

Para quem quer um smartphone mais potente, a Huawei também tem o P9 Plus. A diferença dele para o P9 está na tela – é uma Super AMOLED de 5,5 polegadas Full HD -, na memória RAM de 4GB e na bateria de 4.300 mAh. Além disso, o P9 Plus também tem infravermelho e tela sensível à pressão (a própria Huawei já tinha lançado um smartphone com essa tecnologia – o Mate S – no ano passado).

O Huawei P9 será lançado na Europa e na Ásia até o fim de abril, enquanto o P9 Plus chega em maio. Ainda não há informações sobre o lançamento deles no Brasil.

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.