iPhone SE – Especificações Técnicas, Preços, Vídeos, Fotos

O iPhone SE começou a ser vendido hoje (19) no Brasil. A Apple já tem disponível nas suas lojas físicas em São Paulo e Rio de Janeiro, além da sua loja online, a versão mais em conta do iPhone para os brasileiros interessados.

Mais em conta não significa necessariamente que ele é barato. O iPhone SE custa a partir de R$ 2.699 na versão de 16GB, que, convenhamos, não é a ideal. Para ter armazenamento interno decente você precisa desembolsar R$ 2.999 pelo modelo de 64GB.

Como de costume, quem pagar à vista ganha desconto de 10%. Neste caso, o de 16GB custa R$ 2.430, enquanto o de 16GB sai por R$ 2.700. Ele é vendido em quatro opções de cores: ouro rosa, prateado, cinza espacial e dourado.

Por dentro ele tem processador A9, 2GB de RAM, câmera traseira de 12 megapixels e frontal de 1,2 MP, suporte a 4G, Wi-Fi 802.11ac e NFC para pagamentos com o Apple Pay. Por fora ele lembra bastante o iPhone 5S, inclusive com uma tela de 4 polegadas.

O que é o iPhone SE?

A ficha técnica impõe respeito. O processador A9 de 64 bits, o mesmo presente no iPhone 6S, promete desempenho sem travamentos ou lentidão. Embora a Apple não revele os detalhes técnicos do chip, sabe-se que é um dual-core de 1,8 GHz. A memória RAM de 2 GB também auxilia na tarefa de fornecer ao comprador uma experiência de uso fluida do sistema iOS 9.

O coprocessador de movimentos M9 aparece entre as especificações do produto, com a função de reunir as informações de diversos sensores presentes no iPhone: acelerômetro, giroscópio e bússola, entre outros. Em outras palavras, são as tecnologias que permitem criar o plano de fundo interativo da tela Home ou controlar jogos de corrida, por exemplo, ao simplesmente inclinar o aparelho para a direita ou esquerda.

O conjunto de câmeras também entrega o mesmo hardware dos modelos top de linha. São 12 MP na câmera frontal e 1,2 MP na câmera frontal, normalmente usada para tirar selfies. O iPhone SE é capaz de fazer fotos do tipo Live Photos, aquelas que registram instantes antes e instantes depois do clique. O resultado são imagens animadas que parecem ter saído dos filmes de Harry Potter.

Sem 3D Touch

A principal ausência no novo iPhone é o 3D Touch, tecnologia da Apple que permite ao display reconhecer o nível de pressão aplicado pelo usuário ao tocar em ícones, links e qualquer outro item na tela do smartphone.

Embora não seja um recurso revolucionário, é o tipo de perfumaria e de evolução que ajudam a justificar o preço elevado dos iPhones mais caros.

Quanto custa o iPhone SE?

O novo iPhone apareceu no site oficial da Apple nesta sexta-feira (6) por R$ 2.699 no modelo com memória interna de 16 GB. Aqui fica o alerta: pode ser pouco para quem carrega muitas fotos consigo e ainda baixa aplicativos demais. Além disso, a câmera é capaz de gravar vídeos em 4K, o que tende a consumir rapidamente toda a capacidade de armazenamento.

Opção mais indicada para a maioria dos consumidores, o iPhone SE de 64 GB sai por R$ 2.999. A diferença de R$ 300 faz com que vejamos esta configuração como a mais interessante para adquirir um celular e ficar despreocupado, sem ter que adotar rotineiramente procedimentos de liberar memória.

O iPhone SE no Brasil segue a mesma disponibilidade de cores encontradas no exterior: ele é vendido em dourado, prateado, cinza espacial (frente preta e traseira prata) e ouro rosa.

Tabela de preços de todos os iPhones

Confira abaixo como fica a linha completa do iPhone no país, tendo como base os valores informados no site oficial.

Modelo / Capacidade 16 GB 64 GB 128 GB
iPhone SE R$ 2.699 R$ 2.999  –––
iPhone 6S R$ 3.999 R$ 4.299  R$ 4.599
iPhone 6S Plus R$ 4.299 R$ 4.599  R$ 4.899

Quando a Apple vai começar a vender o iPhone SE?

Eis aqui o grande mistério. Apesar de o novo iPhone aparecer no site da fabricante, não há informações sobre o início das vendas. “Ainda não temos data confirmada para o lançamento do produto no país”, informou a Apple.

Vale lembrar que o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus são esperados para setembro deste ano. É tradicionalmente neste mês que a Apple atualiza os smartphones top de linha, tendo em vista as vendas de Natal. Entre os rumores sobre o próximo iPhone sem “S” no nome estão a inclusão de carregador sem fio e a mudança na saída de áudio.

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.