Marshall London – Especificações tecnicas + Preços R$

A Marshall Headphones, empresa que coloca o logo e o estilo do clássico amplificador em produtos eletrônicos, criou um smartphone Android com funções musicais. Ele também tem um pouco de nostalgia cafona aqui, mas me perdoem os deuses da originalidade do rock, eu adorei o resultado.

O novo Marshall London –sim, o nome do modelo é London– tem toda a cara de um produto Marshall, como a textura granulada dos icônicos amplificadores. Mas a vocação musical dele vai além da estética. Você ajusta o volume numa roda, como nos antigos Walkmans. Também como num Walkman dos anos 80, o London tem duas saídas de fone de ouvido, para você poder compartilhar o que está ouvindo com um amigo. Também há um botão “M”, que leva você direto ao tocador de música (M de Marshall, sacou?).

Além disso, o hardware conta com um chipset auxiliar Wolfson. Eu nunca ouvi falar dessa empresa antes, mas ela era uma fabricante inglesa de chips de circuitos integrados para aplicações musicais. De acordo com esse ótimo post, a companhia tinha um portfólio de patentes considerável, além de contratos com gigantes como a Samsung — parecido com quando a HTC fez aquela parceria com a Beats para colocar funções musicais diretamente no hardware. No fim das contas, os negócios começaram a ir mal e a empresa precisou ser vendida.

Mesmo assim, nenhuma palavra sobre o que o chipset Wolfson faz, de fato. Mas tentaremos descobrir.

Algumas das funções de áudio são superficiais. Este não é o primeiro smartphone com alto-falantes duplos na frente do aparelho. E o software de DJ e equalização não é exatamente uma novidade revolucionária.

Por baixo do capô, as especificações do aparelho são apenas razoáveis quando comparadas aos atuais topos de linha. A tela IPS tem 4,7 polegadas e resolução 720p, pequena e de baixa definição quando comparado com as telas QHD de 5 ou mais polegadas. Ele tem 2GB de RAM, 16GB de armazenamento interno, entrada para cartão microSD. Roda Android Lollipop, o que é ótimo! Mas o processador Qualcomm Snapdragon 410 já tem uma certa idade, e pode ser meio lerdo quando comparado a um topo de linha. Nós não sabemos muita coisa sobre a câmera de 8 megapixels, mas é uma resolução menor do que a maioria dos aparelhos mais novos. É um celular de especificações básicas, mas isto não quer dizer que ele seja ruim.

Ao contrário de outros smartphones de especificações baixas, como o Moto E, o Marshall London não será barato. Ele está disponível em pré-venda na Europa por 600 dólares. A empresa está planejando lançamento nos Estados Unidos também.

O velho Marshall deve estar rolando no túmulo com um celular com seu nome. Talvez. Eu prefiro acreditar que ele reconheceria o estilão dos amplificadores quando o visse.

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.