Mestre Nick, o primeiro jogador de Pokémon Go a completar o Pokédex

ng7367590

Morador de Nova York coletou os 142 pokémons possíveis no país.
Ao todo, são 151, mas alguns são raros e aparecem só em outros países.

O nova-iorquino Nick Johnson sagrou-se, esta quinta-feira, o primeiro jogador de Pokémon Go, a tendência do momento dos jogos para telemóvel, a arrecadar todos os monstros digitais disponíveis nos Estados Unidos da América.

Johnson já caçou 142 das 151 criaturas oferecidas pelo jogo (e, por agora, não planeia completar o desafio, uma vez que para o fazer teria de se deslocar a outros continentes.)

Em entrevista ao Business Insider, Nick revela que passou, diariamente, oito horas a caminhar pela cidade para completar o seu Pokédex, recomendando, por isso, a todos os jogadores o uso de calçado confortável. Oito milhas por dia, todos os dias depois do trabalho, levaram este nova-iorquino à concretização de um feito certamente invejado por toda a comunidade.

A chave para o seu sucesso? Investimentos sensatos (por exemplo, em incubadoras), trajetos inteligentes (evitando andar em círculos, já que o jogo não consegue medir com precisão a distância percorrida se o jogador não se movimentar em linha reta) e conquistas estratégicas (a caça de Pokémons mais vulgares permite a ascensão rápida de níveis).

Acima de tudo, Johnson recomenda trabalho de equipa: “É um jogo bastante social. Se não sabes onde encontrar um Pokémon específico, pergunta aos outros jogadores! Ajudar-te-ão”, comenta.

O Pokémon Go é um jogo de realidade aumentada, no qual os utilizadores têm de encontrar as conhecidas criaturas virtualmente espalhadas por um vasto domínio geográfico.

A Niantic, desenvolvedora do game, já lançou “Pokémon Go” em 36 países. Nesta sexta-feira (22), foi a vez do Japão, lar da Nintendo e da Pokémon Company, as outras duas responsáveis pelo jogo.

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.