Nintendo Switch – Lançamento, Especificações Técnicas, Preços, Vídeos, Fotos

O Nintendo Switch, próxima geração de videogame da Nintendo, tem data para chegar ao mercado: 3 de março de 2017. Este foi o dia informado pela fabricante em um anúncio feito nesta sexta-feira a partir do Japão (ainda era madrugada no Brasil). O sucessor do Nintendo Wii U vai custar US$ 299,99 nos Estados Unidos, equivalente a R$ 956,30 pelo câmbio de hoje. O montante não inclui impostos e taxas.

O console é aguardado pelas fãs da marca japonesa desde que a Nintendo divulgou as primeiras imagens, em outubro de 2016. Ele chama a atenção pelo visual diferente do que estamos acostumados a ver nos eventuais suspeitos dentro da indústria de games, o Xbox One e PS4. O Switch pode ser usado como videogame de mesa e como videogame portátil. Ou seja, pode ser usado dentro de casa ou no avião.

Nas laterais da tela há dois controles destacáveis, que possuem botões “L” e “R” separados, para permitir o multiplayer para até dois jogadores de forma simultânea. Além disso, informações já disponibilizadas pela Big N dão conta de que vários aparelhos Nintendo Switch poderão operar em conjunto, desde que sejam no mesmo cômodo.

Os criadores do produto afirmam que a bateria dura de 2,5 a 6 horas, quando estiver em modo tablet. A autonomia de uso vai depender do jogo em execução – títulos mais complexos tendem a drenar mais bateria, além das configurações usadas pelo usuário, como brilho da tela ou conexão com a internet.

A trava de região, que já havia sido mencionada no anúncio do aparelho, realmente não estará presente no Switch. Isso quer dizer que quem comprar jogos japoneses, por exemplo, poderá utilizá-los sem qualquer impedimento em consoles adquiridos no mercado norte-americano ou europeu – algo que não ocorria no Wii, Wii U e nem mesmo no 3DS, aparelhos mais antigos da Nintendo.

Por fim, a companhia revelou a configuração do pacote final do Switch, que estará disponível nas lojas para os consumidores: ele virá com o próprio console, dois Joy-Con (um esquerdo e um direito), cordas de segurança para os Joy-Con, Switch Dock para armazenar o aparelho, além dos cabos HDMI e o de energia.

O Switch terá opções de caixa com os controles coloridos, vermelho e azul, ou no modelo preto padrão – o preço não se altera. O Pro Controller, joystick no formato mais tradicional e lembrando os controles do PlayStation e Xbox, será vendido separadamente, ainda sem preço revelado.

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.