Pokémon Go está prestes a superar Snapchat e Google Maps

14122435943003-t1200x480

Já faz uma semana que Pokémon Go toma conta das nossas vidas e não há sinais de que esse cenário vá mudar. O jogo ultrapassou o Tinder em instalações nos dispositivos Android, mas esse era um peixe pequeno. De acordo com dados da Survey Monkey dos EUA, o jogo já chegou a 21 milhões de usuários ativos diariamente e a tendência é que o Snapchat e o Google Maps fiquem para trás.

Só no Android são 11 milhões de usuários ativos no Pokémon Go. O Snapchat e o Google Maps chegam a 14 milhões na plataforma. E levando em consideração que o número de usuários diários do jogo era de 8 milhões há alguns dias, não deve demorar muito para alcançar os outros aplicativos.

O Tinder é um app de encontro com um público específico, seu alcance é limitado mesmo que pareça que todo mundo esteja por lá. Já o Snapchat é uma moda relativamente recente (que, a propósito, ultrapassou o Twitter em usuários ativos em junho) e o Google Maps é um app quase que essencial. O Pokémon Go poderia, inclusive, se tornar o maior beneficiado dos dados de mapeamento da Alphabet.

E se levarmos outros critérios em consideração, o Pokémon Go também está deixando o Facebook pra trás. A rede social ainda tem mais usuários ativos, porém as pessoas estão passando mais tempo tentando caçar pokémon do que rolando pelo feed de notícias.

O fenômeno Pokémon Go simplesmente não para. O jogo acabou de chegar na Europa e está disponível em apenas uma cidade da Coréia do Sul. Em San Francisco, políticos marcaram uma batalha. As pessoas estão caçando pokémon no cemitério, batendo em árvores e se preparando para locais “patrocinados”.

Esse alvoroço irá acabar uma hora, mas se você não aguenta mais ver pokémon na internet, dê uma olhada nessas extensões para bloquear os conteúdos relacionados ao jogo. Afinal, quem sabe quando essa loucura irá acabar e quem mais o Pokémon Go vai ultrapassar?

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.