Pokémon GO já está virando oportunidade de trabalho para brasileiros

size_810_16_9_pokemon-go

O Lançamento oficial de Pokémon GO, ocorrido na última quarta-feira (3), já está se transformando em oportunidade de trabalho para muitos brasileiros. É o caso de Denis Feitas Paz, motoboy desempregado que decidiu passar a oferecer tours pagos em que ele usa sua moto para levar jogadores a pontos de interesse.

“Fui dispensado da empresa há um mês, então ‘bolei’ essa ideia há um tempo. Postei em um grupo e já teve mais de 300 curtidas”, explicou ele ao site O Povo. “O pessoal está achando interessante”. O profissional cobra R$ 25 por hora para trajetos que envolvem a Praia de Iracemi, Iguatemi e Centro de Eventos — no entanto, ele garante que não trafega em áreas consideradas de risco.

Já em Curitiba, o designer Rogério Oliveria criou uma tour que leva jogadores a caçar pokémons pela cidade. Ele oferece três horários diários com a promessa de buscar crianças e levá-las de volta à porta de casa, com limite de 5 participantes para cada grupo — o passeio custa R$ 50 por pessoa e passa por cenários para os parques São Lourenço, Tanguá e Tingui.

Aparentemente, esses não devem ser os únicos casos de brasileiros que se aproveitam do lançamento do game para adquirir uma renda extra. Caso você esteja interessado em contratar algum serviço do tipo, é uma boa ideia consultar recomendações e o histórico de quem está oferecendo as oportunidades para evitar ter que lidar com situações desagradáveis como um “bubassaulto”.

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.