Project Fi: Operadora móvel do Google

A operadora móvel do Google é real: em um anúncio no blog oficial da empresa, o Project Fi foi oficializado e funciona para usuários do Nexus 6 nos EUA.

O Google já havia confirmado a intenção de se transformar também em uma operadora de telefonia móvel há alguns meses. E rumores surgiram nas últimas semanas com alguns dos recursos que ela provavelmente teria. Hoje podemos saber o que de fato o Project Fi oferecerá. Então vamos lá:

  • Será um serviço de telefonia móvel que usará redes das operadoras Sprint e T-Mobile, além de conexões Wi-Fi. A ideia aqui é que o cliente tenha sempre a melhor conexão possível — em alguns momentos, pode ser através da rede de uma das operadoras, mas em outros o Wi-Fi será o mais confiável.
  • O preço da assinatura é de US$ 20 mensais, o que dá direito a recursos básicos (ligações, mensagens de texto e roaming internacional em mais de 120 países). Em relação aos dados, cada gigabyte gasto custará mais US$ 10. Não há contrato algum e é possível cancelar o serviço quando o usuário desejar.
  • Seu pacote de dados não acaba junto com o mês — se você não usar tudo o que tiver direito do que foi comprado anteriormente, receberá a diferença em créditos para usar no futuro. Então digamos que em um mês você precisou contratar 3GB de dados – US$ 30 – mas acabou gastando, digamos, 2,1GB. Os 0,9GB então se tornarão US$ 9 em créditos — você só paga pelo que usar.
  • O número de telefone do Project Fi “vive na nuvem”, segundo o Google, e você consegue fazer ligações ou enviar mensagens de texto mesmo em um notebook ou tablet sem precisar ter seu smartphone por perto.

Como era esperado, o Project Fi é exclusivo dos EUA e, por enquanto, só disponível em algumas partes do país. Caso você more nos Estados Unidos, pode pedir um convite para se juntar à operadora por aqui – contanto, claro, que seja usuário do Nexus 6. [Google] [Project Fi]

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.