Download Resident Evil 7: Biohazard + Crack – PC – Download Torrent

resident-evil-7

Resident Evil 7 será lançado dia 24 de janeiro de 2017 para PS4, Xbox One e PC (tanto no Steam quanto na loja do Windows 10). A versão de PS4 também terá suporte ao PlayStation VR, o óculos de realidade virtual da Sony, que será lançado dia 13 de outubro.

Resident Evil 7 será o primeiro título da franquia principal a utilizar visão em primeira pessoa. Além disso, a Capcom optou por um visual bastante realista. Ambas as decisões foram tomadas para tornar o jogo mais imersivo e assustador, que devem ser ainda maiores com os óculos de realidade virtual.

Os eventos de Resident Evil 7 acontecem em uma zona rural dos Estados Unidos após a história de Resident Evil 6. Logo após a conferência da Sony na E3, a Capcom disponibilizou uma pequena demo chamada de Beginning Hour, inicialmente exclusiva para PS4, mas que será lançado para as demais plataformas. Nela, os jogadores acordam em um chalé destruído em meio a uma área de plantação, e devem sobreviver a inúmeros perigos. A história da demonstração tem conexão direta com o enredo do jogo completo.

Assista abaixo ao trailer de Resident Evil

Demo de Resident Evil 7, game apresentado na E3 2016

A demo apresenta um estilo diferente para a série Resident Evil, deixando de lado a visão em terceira pessoa e aderindo ao gênero de terror em primeira pessoa. É interessante comentar o quanto essa demo de Resident Evil 7 se parece com P.T., a demo perdida do cancelado Silent Hills.

Essa similaridade com P.T. e outros jogos do gênero, como Outlast, e a falta de elementos que sempre fizeram parte da franquia Resident Evil dividiu os fãs. Há quem acredite que apresentar algo tão diferente é um erro por parte da Capcom, enquanto que outros veem nessa mudança uma forma de fugir do estilo que foi usado em Resident Evil 6 e que, para muitos, estagnava a série.

Zumbis e monstros dão lugar a um terror mais realista

A demo de Resident Evil 7 começa com um homem tentando libertar o seu personagem, que nunca é mencionado por nome. Em seguida, você acorda em uma sala escura. A casa está bem destruída e você deve encontrar um jeito de fugir dela.

Os gráficos estão a par com outros games do mesmo gênero e com comandos bem parecidos. A demo mostra um esquema muito mais voltado para a solução de quebra-cabeças do que para momentos de ação. Isso pode incomodar os mais críticos, mas ajuda bastante na formação do clima de tensão presente na demo.

Em vez de uma trama com zumbis ou monstros mutantes, Resident Evil 7 parece ter humanos e, até mesmo, aparições como inimigos. O clima da demo lembra bastante o de produções de cinema, como “O Massacre da Serra Elétrica”. Novamente, isso não parece muito com a série Resident Evil, mas a tensão alcançada em certos momentos lembra bastante a que os primeiros títulos da franquia proporcionavam.

Vários finais e um dedo misterioso

A demo de Resident Evil 7 é relativamente curta, podendo ser completada em, aproximadamente, 15 minutos. O que a torna interessante é o fato de ela ter mais de um final e, a cada um deles, você começa a desvendar cada vez mais coisas sobre o game.

Até o momento dessa publicação, três finais diferentes foram descobertos, além da possibilidade de finalmente se armar (um machado que, até agora, não parece servir para muita coisa). Mesmo assim, ainda há mistérios, como o uso de itens que não parecem fazer sentido dentro das coisas que você encontra.

O maior mistério, até o momento, é um dedo de manequim que simplesmente não se encaixa em nenhum uso aparente na demo, mas que pode revelar cada vez mais sobre o que exatamente Resident Evil 7 mostrará.

Isso porque não existe quase nada na demo que indica que esse é mesmo um game da franquia Resident Evil. Tirando o título e uma foto encontrada com a logo da Umbrella Co., tudo parece novo. Nenhum personagem conhecido é mencionado, ninguém parece ter ligação real com fatos ou personagens de outros jogos.

Tudo é novo, algo que pode ser ótimo para aqueles que se afastaram da série nos últimos jogos, mas horrível para aqueles que preferem a mesma coisa que foi apresentada nos games anteriores.

No final das contas, a Capcom ainda precisa mostrar muita coisa para atrair esse grupo de fãs e explicar como Resident Evil 7 se encaixa na narrativa de toda a série ou se é, um novo começo para tudo.

Apesar de ser uma saída corajosa da Capcom ao possivelmente alienar os fãs para tentar algo diferente, a empresa também parece não saber encontrar uma identidade própria para o novo jogo, vide que ele parece uma mistura genérica de P.T. e Outlast. Talvez, com mais tempo e material para mostrar, isso comece a deixar de ser uma impressão e Resident Evil finalmente mostre a sua cara.

2 Comentários

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.