Samsung Pay

Em março, a Samsung anunciou seu concorrente para o Apple Pay, que permite pagar usando NFC e também uma tecnologia exclusiva que emula a tarja magnética do seu cartão. O recurso começou a ser testado na Coreia do Sul por donos selecionados do Galaxy S6 e S6 Edge.

O ZDNet testou o Samsung Pay na região de Gangnam, em Seul, e ficou impressionado em como o sistema funciona bem em qualquer maquininha de cartão. O problema é que pagar com um cartão tradicional ainda é mais rápido.

Para pagar, você desliza a partir da borda inferior da tela: isso faz aparecer seu cartão principal.

Então você digita uma senha ou passa seu dedo no botão Home, que possui um leitor de impressão digital. Daí, é preciso aproximar o smartphone do terminal e realizar o pagamento. Após a transação, surge um recibo digital na tela.

O ZDNet foi em lojas com maquininhas sem NFC – esta tecnologia ainda não é amplamente usada na Coreia do Sul – e o Samsung Pay funcionou normalmente. É que o serviço utiliza a transmissão segura magnética (MST), desenvolvida pela empresa LoopPay – que foi adquirida este ano pela Samsung.

Como isso funciona? A LoopPay explica:

A tecnologia MST (transmissão segura magnética) gera campos magnéticos variáveis ​​por um período muito curto de tempo… O sinal recebido pelo dispositivo emula a mesma alteração de campo magnético que uma tarja magnética ao deslizar pela cabeça de leitura. O LoopPay funciona a até 7 cm de distância da cabeça de leitura.

No caso de cartões com chip, um código na tarja magnética avisa à maquininha que o cartão só possui a tarja, então você não precisa inserir o cartão.

E se roubarem seu smartphone? Nesse caso, o Samsung Find My Mobile permite localizar, bloquear e até mesmo limpar o dispositivo remotamente. É um recurso de segurança oferecido também pela concorrência, como Google Wallet e Apple Pay.

O problema do Samsung Pay, na verdade, é não ser tão rápido quanto usar um cartão normal.Do ZDNet:

Ativar a plataforma para usá-la levou de sete a oito segundos; depois que eu me acostumei com ela, foram de cinco a seis segundos, dependendo de quão rápido o telefone lê a sua impressão digital… Levo três segundos para pegar minha carteira do meu bolso e puxar um cartão ou dinheiro para pagar… Então por que eu usaria o Samsung Pay em vez da minha boa e velha carteira de couro?

Enquanto isso, o Apple Pay exige apenas que você aproxime o iPhone 6 ou 6 Plus do terminal NFC, e segure o botão Home. Ele vibra e emite um som para você saber que a transação ocorreu com sucesso.

Rumores dizem que o Samsung Pay será lançado oficialmente nos EUA e Coreia do Sul em agosto, para coincidir com o possível lançamento do Galaxy Note 5. Depois, ele deve se expandir para regiões como Europa e China; parece que o Brasil não receberá a novidade tão cedo.

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.