WhatsApp chega a 800 milhões de usuários

O aplicativo de mensagens WhatsApp informou que chegou a 800 milhões de usuários ativos por mês. A plataforma tem conseguido em média 100 milhões de usuários ativos a cada quatro meses. Se continuar nesse ritmo, pode alcançar 1 bilhão de usuários em menos tempo que seu dono, o Facebook.

A rede social de Mark Zuckerberg levou oito anos para atingir o primeiro bilhão de usuários. Enquanto o WhatsApp, caso mantenha o ritmo de crescimento, levará seis anos até a marca.

Também deve ser considerado o fato de que o aplicativo de mensagens funciona prioritariamente em um smartphone, enquanto o Facebook pode ser acessado em diversas plataformas.

Em post publicado no Facebook, Jan Koum, diretor-executivo e fundador do WhatsApp, ressaltou que 800 milhões é o número de usuários ativos, e não o de linhas telefônicas cadastradas.

A plataforma, adquirida pelo Facebook no início de 2014, não informa se é lucrativa. A companhia também não diz quantos usuários pagam pelo uso do serviço e quantos usam gratuitamente.

Histórico

O WhatsApp foi criado por Brian Acton e Jan Koum em 2009. Ambos eram ex-funcionários do Yahoo!.

O aplicativo é um substituto do SMS (mensagens de texto via celular). Ele usa o plano de dados de um smartphone para enviar mensagens aos contatos que também têm o software. O programa está disponível gratuitamente, por um ano, para as principais plataformas de sistema operacional (iOS, Android, Windows Phone e BlackBerry). Depois de 12 meses, a empresa cobra US$ 1 (cerca de R$ 2,35) para cada ano de uso.

Em um post no blog do WhatsApp em 2013, a empresa anunciou a marca de 400 milhões de usuários ativos e agradecia os usuários pelo sucesso do programa.”Quando dizemos que vocês [usuários] fizeram isso ser possível, falamos sério. O WhatsApp só tem 50 funcionários, e a maioria é composta por engenheiros. Chegamos a esse ponto sem gastar um dólar em propagandas ou em campanhas de marketing.”

COMENTÁRIOS

O seu endereço de e-mail não será publicado.